Residência Brooklin

Projeto completo de Arquitetura

Gerenciamento da construção

São Paulo | SP

Projeto : 1999

Conclusão da obra: 2000

Área construída : 200m²

Arquitetura:

NAVE Arquitetos Associados

      Roberto Fialho

      Valéria Santos Fialho 

Estagiário:

Marcos Paulo Ribeiro

Fotos: Nelson Kon

IV Prêmio Jovens Arquitetos - 2000

Melhor Projeto

A edificação existente faz parte de um conjunto de doze casas , originalmente com dois pavimentos. O conjunto da vila já se encontrava descaracterizado, quase todas as casas já haviam passado por reformas nas fachadas e acréscimo de pavimentos, incluindo a casa em questão.

 

O pavimento acrescido possuía pé direito muito baixo e sua cobertura apresentava infiltrações. A circulação vertical estava desorganizada, ocupando espaços desnecessários.

 

As varandas do primeiro pavimento resultantes dos prolongamentos da cozinha e da sala estavam isoladas da casa. O primeiro pavimento da edícula só podia ser acessado por uma escada caracol localizada no quintal, completamente inutilizado pelo volume desta escada. A iluminação era insuficiente, com aberturas muito estreitas.

 

O projeto de reforma se estrutura através da reorganização da circulação vertical. Localizada no coração da casa a caixa de escada cria um poço de iluminação natural, que através de um poço secundário possibilita a iluminação da torre dos banheiros.

A escassez de iluminação levou à opção por caixilhos amplos, protegidos , quando necessário , por um brise de madeira , permitindo o controle de luz e privacidade. A adoção de ambientes contínuos , com o mínimo de barreiras visuais , visa minimizar a pouca largura do lote.

As varandas foram reabilitadas e o quintal liberado com a exclusão da escada. Uma leve passarela metálica liga o primeiro pavimento da casa ao primeiro pavimento da edícula, transformado em escritório.

A construção da laje do último pavimento possibilita a criação de um grande terraço , com agradável vista da cidade.